Você está aqui: Página Inicial / VEREADORES E PREFEITO SE REÚNEM PARA DISCUTIR AÇÕES CONTRA A COVID-19

VEREADORES E PREFEITO SE REÚNEM PARA DISCUTIR AÇÕES CONTRA A COVID-19

Os vereadores elogiaram a iniciativa do Poder Executivo de estabelecer este diálogo e aproveitaram para discutir pontos considerados polêmicos do decreto.

Aconteceu na terça-feira (16.03) uma importante reunião na sede da Prefeitura Municipal. O prefeito Pedro Augusto Junqueira e o vice-prefeito Antônio Carlos Martins Pimentel receberam os vereadores para discutirem soluções para enfrentamento da pandemia de Covid-19. Participaram do encontro José Augusto Cabral, José do Carmo, Gilmar Pimentel, Maria Inês, Elileia Santos, Valdilúcio Malaquias, Carlos André, Alexandre Badaró, Julius Cezar, Bernardo Guedes, Rogério Campos Machado, Vinicius Queijinho e Rodrigo Pimentel.

Também estiveram presentes à reunião Márcio Machado – Secretário de Saúde, Sarah Moraes – Secretária de Governo, Eduardo Ramos Duarte – Coordenador da Comissão de Apoio à Fiscalização de Posturas CAFIP e Hilton Chaves Amaral – Assessor Jurídico da Câmara.

Inicialmente Pedro Augusto deixou claro que a situação da pandemia em Leopoldina é grave e que gostaria de compartilhar com os vereadores a angústia de tentar preservar os empregos e a saúde da população, além de ouvir idéias que possam ser importantes neste momento. Ele informou que, na qualidade de presidente do CISUM, teve a oportunidade de participar de uma “live” com o Governador do Estado, o qual compreendeu as dificuldades dos municípios e autorizou os prefeitos a tomarem medidas mais flexíveis em relação à Onda Roxa.

Desta forma, o Chefe do Executivo justificou a elaboração do Decreto 4821, de 15 de março de 2021, que implantou a Onda Roxa da Terceira Fase do Plano Minas Consciente, salientando  que a precaução adotada pelo governo evitou que se cometessem erros precipitados e anunciou que vai intensificar a fiscalização, com apoio das Polícias Civil e Militar, além do Corpo de Bombeiros. Segundo ele, o primeiro objetivo da fiscalização será orientar e conscientizar a população que poderá encaminhar diretamente ao governo as denúncias de desrespeito ao decreto.

Em seguida, os vereadores estabeleceram um diálogo muito franco com os representantes do Executivo, discutindo pontos polêmicos do decreto e sugerindo alterações na redação do documento. Eles discordaram da suspensão das atividades de academias, salões de beleza, cabeleireiros e igrejas, e solicitaram que essa decisão seja revista pelo governo. Pedro Augusto explicou aos parlamentares que, segundo estudos, salões de beleza e academias estão entre os locais com maiores riscos de contaminação da Covid-19 e que não foi possível flexibilizar as restrições impostas às igrejas, cujas cerimônias poderão acontecer em forma de “lives”.

Também foi solicitada a autorização para que o profissional de educação física possa atender pacientes nas academias de ginástica, juntamente com os fisioterapeutas. Outra sugestão foi a fiscalização permanente nos supermercados e bancos para evitar aglomerações, além de intensificar a abordagem aos vendedores ambulantes que circulam na região central da cidade sem apresentar um alvará.

Os vereadores aproveitaram para solicitar ao Prefeito Municipal que reavalie a decisão de não participar do consórcio público para aquisição de vacinas instituído pela Frente Nacional de Prefeitos. Os parlamentares informaram  ao Chefe do Executivo que o prazo para adesão ao consórcio termina no dia 22 de março e que a Câmara Municipal está à disposição para aprovar um projeto autorizando a adesão do município.

Os parlamentares elogiaram a iniciativa do Executivo de promover este diálogo, ponderaram que essa reunião se torne frequente e ainda fizeram alguns questionamentos pontuais, cobrando uma interlocução mais eficiente com o Legislativo, além do atendimento a algumas demandas já encaminhadas e que ainda estão sem resposta.

No final, Pedro Augusto reconheceu que este encontro com os vereadores ocorreu com um certo atraso em virtude de ter sido acometido pela Covid-19. O prefeito determinou a sua assessoria que tome as providências no sentido de atender imediatamente às sugestões apresentadas e, em seguida, encerrou a reunião, agradecendo a presença de todos e ressaltando que o momento é de união.

error while rendering plone.comments
Transparência

Mídias Sociais

Parlamento Jovem

TV Câmara

Posto de Identificação

Pesquisar no BuscaLeg
Logotipo do BuscaLeg - Buscador Legislativo