Você está aqui: Página Inicial / VEREADOR SUGERE DISTRIBUIÇÃO DE MATERIAL DIDÁTICO AOS ALUNOS DA REDE MUNICIPAL

VEREADOR SUGERE DISTRIBUIÇÃO DE MATERIAL DIDÁTICO AOS ALUNOS DA REDE MUNICIPAL

As apostilas seriam confeccionadas pelos próprios professores e distribuídas ás famílias com prazo determinado para execução e correção das tarefas, utilizando as escolas como ponto de referência.

A rede municipal de ensino foi um dos setores mais atingidos pelo isolamento social em virtude da pandemia de Covid-19. Milhares de alunos não estão podendo frequentar a sala de aula, o que vem gerando preocupação nas famílias em relação a um possível prejuízo das crianças com o conteúdo do ano letivo.

Neste sentido, o vereador Waldair Barbosa Costa foi o autor de uma indicação sugerindo à Prefeitura Municipal a distribuição de material escolar para todos os alunos matriculados na rede municipal. Ele lembrou que as escolas da iniciativa privada já estão adotando aula on-line, utilizando recursos tecnológicos, como computadores e celulares com acesso à internet. O vereador reconhece, no entanto, que no setor municipal, a realidade é diferente, pois nem todos os alunos têm acesso à internet em suas residências.

Na proposição apresentada durante a sessão ordinária ocorrida no dia 11 de maio (segunda-feira), o parlamentar sugeriu que as escolas municipais confeccionem apostilas com matérias e atividades a serem desenvolvidas pelos alunos. Ele propôs que os materiais didáticos sejam entregues nas residências das famílias, com prazo determinado para execução das tarefas, utilizando os veículos da Secretaria de Educação.

Waldair Costa explicou que as apostilas seriam entregues na segunda-feira e o material com as respostas dos alunos seria recolhido na sexta-feira para correção dos professores. A proposição também cita a possibilidade de transformar as escolas num ponto de referência nos bairros, onde as mães poderiam pegar e deixar os materiais, em dias e horários determinados, evitando, assim, aglomerações.

Waldair Costa defendeu que sua proposta pode dar uma resposta adequada à realidade vivenciada atualmente pelas comunidades escolares, possibilitando que o atendimento aos alunos seja feito da forma mais satisfatória possível.

Após as discussões regimentais, a Indicação nº 115/2020 foi aprovada por unanimidade e recebeu assinaturas de apoio dos vereadores Hélio Batista Braga de Castro, Kélvia Raquel, Antônio Carlos Martins Pimentel, Valdilúcio Malaquias e José Augusto Cabral.

(Foto: Jornal O Vigilante Online)

error while rendering plone.comments
Transparência

Mídias Sociais

Parlamento Jovem

TV Câmara

Posto de Identificação

Pesquisar no BuscaLeg
Logotipo do BuscaLeg - Buscador Legislativo