Você está aqui: Página Inicial / PRESIDENTE DA ENERGISA ANUNCIA INVESTIMENTOS VULTOSOS PARA LEOPOLDINA

PRESIDENTE DA ENERGISA ANUNCIA INVESTIMENTOS VULTOSOS PARA LEOPOLDINA

Eduardo Mantovani anunciou a construção de uma subestação de rede básica em Leopoldina que implicará investimento de R$300 milhões.

Atendendo a um convite formulado pelo Presidente do Legislativo, Waldair Barbosa Costa, Eduardo Alves Mantovani, Presidente da Energisa Minas Gerais e Energisa Nova Friburgo, esteve participando da sessão ordinária da Câmara de Vereadores para explanar sobre os investimentos que a empresa está realizando em Leopoldina e região.

O encontro com os parlamentares ocorreu nesta segunda-feira (02/12), no qual foram divulgados os investimentos realizados em municípios da região, dentre eles, o projeto de eficiência enérgica que promove  a substituição da iluminação pública por lâmpadas de LED. Graduado em Engenharia pela UFJF, Dr. Eduardo Mantovani inicialmente explicou que, com a transferência dos ativos de iluminação pública das concessionárias para as prefeituras municipais, a responsabilidade da iluminação pública é do Executivo e a empresa não pode fazer investimentos, como a troca completa de toda a iluminação pública da cidade.

Ex- vereador na cidade de Cataguases, ele também anunciou que está negociando com a Administração Municipal o prédio localizado ao lado da sede da prefeitura, de propriedade da Energisa, e as negociações deverão ser concluídas ainda em dezembro.

Em seguida, o convidado fez uma apresentação histórica da Energisa. Segundo ele, a empresa foi a segunda concessionária de energia fundada no país, em 1905, com a denominação de Companhia Força e Luz Cataguases-Leopoldina. Em 1907, foi a terceira empresa brasileira a ter seu capital na Bolsa de Valores e, em 1925, foi uma das primeiras companhias que promoveu distribuição de lucros aos funcionários.  

Após diversificar suas atividades e investimentos, o grupo empresarial se concentrou no ramo de distribuição, transmissão, geração e comercialização de energia elétrica, com aquisição de empresas em Nova Friburgo, Sergipe e Paraíba.

Eduardo Mantovani informou que, neste ano, a Energisa completou 114 anos, atuando em 862 municípios, com uma receita bruta de R$23,6 bilhões, 35 milhões de MWh, atendendo a 7 milhões e 800 mil consumidores, numa extensão de 2.034.000 km², o que corresponde a 24% do território nacional. Atualmente é reconhecida como a maior empresa de capital puramente nacional na distribuição de energia elétrica e a maior empresa em termos de atendimento em área geográfica no país.

O presidente da empresa destacou que, em 2019, estão sendo feitos investimentos na ordem de R$2,8 bilhões. A estrutura da companhia possui 609 mil km de rede de distribuição, com 683 subestações, operando 19.000 km de linha de transmissão e mais 14.000 km em construção. A Energisa vale hoje aproximadamente R$15 bilhões no mercado e possui mais de 20 mil colaboradores para atender a toda essa área geográfica.

Eduardo Mantovani também apresentou dados sobre a Energisa Minas Gerais, que atua em nossa região. A empresa atende a 66 municípios, com 16.000 km², com uma carteira de 445 mil clientes.  Ele informou que a companhia foi agraciada com o prêmio medalha de ouro de empresa de maior segurança no setor de energia elétrica nos anos de 2017 e 2018.

Após apresentar o status da Energisa, o presidente passou a relatar os investimentos realizados em Leopoldina. Segundo ele, nos últimos três anos, houve investimento de R$ 1 milhão em padronização de cabos protegidos, R$1 milhão em reforma de circuitos de baixa tensão, obras de segurança, ligação de clientes urbanos e rurais, aumento de carga. Também foi feito investimento de R$1 milhão e meio em obras de subestações, com substituições de equipamentos, modernização, equipamentos automatizados, manutenção de estruturas.

O presidente da Energisa anunciou que o Governo Federal, por meio da Aneel, emitiu edital de leilão para a construção de uma linha de transmissão de 345 kV que sairá do município de Santos Dumont, passará em Leopoldina e irá até a Região dos Lagos, próximo a Cabo Frio. Segundo ele, no meio dessa linha terá uma subestação de rede básica e o local escolhido para esta obra foi o município de Leopoldina. Eduardo Mantovani salientou que se trata de uma subestação de grande porte, que resultará num investimento de R$300 milhões. A Energisa investirá mais R$35 milhões nas linhas de transmissão para interligar a subestação.

Ele informou que o leilão está marcado para o dia 19 de dezembro e comentou que a expectativa é de que a linha e a subestação estejam concluídas no final de 2023, com um investimento estimado de R$500 milhões. Em sua análise, Leopoldina vai ser muito beneficiada com a subestação de rede básica, o que não é comum, pois são muito poucos municípios no Brasil que têm esse privilégio.

Continuando o seu relato, o presidente comentou sobre o Projeto de Eficiência Energética que já substituiu 124 pontos de iluminação pública com lâmpadas de LED em Leopoldina. Segundo ele, esse projeto também contemplou o Asilo Santo Antônio, a Casa de Caridade Leopoldinense e o Instituto Ensinar Brasil com investimento total de R$257.500,00. Ele também listou patrocínios a festas e projetos culturais na ordem de R$45.000,00.

Encerrando sua explanação, Eduardo Mantovani comentou sobre as chuvas que assolaram Leopoldina no final de semana e afirmou que a empresa possui um plano de contingência que procurou acionar todos os seus recursos para minimizar os impactos do temporal.

Acompanhado por dois diretores e uma equipe de gerentes, Eduardo Mantovani destacou que a empresa tem um aspecto social muito forte, uma atuação socioambiental muito grande e ressaltou que, primeiramente, há preocupação com as pessoas, com aqueles que trabalham no grupo e os que são atendidos pela companhia.

Em seguida, o engenheiro permaneceu na reunião, respondendo aos diversos questionamentos feitos pelos vereadores. Antes do término da sessão, Waldair Barbosa Costa ainda agradeceu a disponibilidade do convidado de estabelecer esse diálogo com o Poder Legislativo.  

error while rendering plone.comments
Transparência

Mídias Sociais

Parlamento Jovem

TV Câmara

Posto de Identificação

Pesquisar no BuscaLeg
Logotipo do BuscaLeg - Buscador Legislativo